A enfermagem em prol da saúde do trabalhador

A Enfermagem do Trabalho é um campo em crescimento, qual cada vez mais empresas estão se conscientizando sobre a importância dessa função exercida por enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem para o bem-estar do trabalhador, sendo este uma das prioridades da Enfermagem do Trabalho.

Este é um campo vasto de oportunidade no mercado, já que cada vez mais empresas estão em busca de profissionais, especializados na área, para cumprir a Norma Regulamentadora (NR) 4, a qual estabelece as diretrizes básicas para a implementação de medidas de proteção à segurança e à saúde dos trabalhadores. Além de elaborar ações associadas à higiene, medicina e segurança do trabalhador, cabe ao enfermeiro do trabalho elaborar técnicas e implementar projetos, promocionar campanhas de saúde, identificar problemas e promover ações educativas e administrativas que envolvem proteção contra agentes químicos, físicos e biológicos. Entre suas atividades, listam-se o acompanhamento de doenças ocupacionais ou não ocupacionais e sua reabilitação para o trabalho.

O resultado positivo do planejamento de ações de prestação de serviços de saúde e de segurança nos locais de trabalho, desenvolvidos pelo enfermeiro do trabalho, é nitidamente percebido na relação custo-benefício, de um lado, a empresa que oferece o acompanhamento relacionado à saúde, e do outro, o trabalhador que se sente mais seguro no seu ambiente de trabalho e apresenta, consequentemente, melhor desempenho em sua função.

Com essa atividade é possível diminuir o absteísmo e melhor a qualidade vida do trabalhador. O trabalhador que por algum motivo não apresente condições de exercer suas funções pode procurar o enfermeiro do trabalho, que realizará uma avaliação ocupacional com todas as orientações do processo saúde-doença e as formas de prevenção. A partir dessa avaliação, poderá ser indicada consulta médica e/ou encaminhamento para serviços especializados de saúde.

A NR4 estabelece o quantitativo de profissionais de Enfermagem do Trabalho necessários para cada tipo de empresa, de acordo com sua respectiva classificação de risco. Segundo essa normativa, os enfermeiros podem exercer suas atividades em tempo parcial, equivalente a três horas, ou tempo integral de seis horas. O Auxiliar técnico de Enfermagem do trabalho cumpre 8 horas diárias.

Fontes:

https://www.posgraduacaoredentor.com.br/hide/path_img/conteudo_5422e93aa5adc.pdf

http://www.corengo.org.br/a-enfermagem-em-prol-da-saude-do-trabalhador_1467.html

Postado em Sem categoria