Ciências Contábeis

INTEGRALIZAÇÃO DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

Denominação do curso
Curso de Bacharelado em Ciências Contábeis

Total de vagas anuais
100 vagas anuais (Noturno)

Regime acadêmico de oferta
Entrada anual de 100 vagas

Dimensões da turma
50 alunos por turma

Número de alunos matriculados

Turnos de funcionamento
Noturno (aulas)

Regime de matrícula
Semestral

Carga Horária Total do Curso
3.260 horas segundo Resolução nº 02 de 18 de Junho de 2007, que dispõe sobre carga horária mínima e procedimentos relativos à integralização e duração dos cursos de graduação, bacharelados, na modalidade presencial.

Integralizações do Curso
Regime Escolar Adotado: semestral
Tempo de Integralização do Curso:
O Mínimo: 4 anos (08 semestres letivos)
O Máximo: 6 anos (12 semestres letivos)

Base Legal do Curso

A concepção do Curso de Graduação em Ciências Contábeis da FIS está  amparada na Lei nº 9.394/96 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional) e demais instrumentos normativos da Educação Superior, em particular na Resolução nº 10 de 16 de Dezembro de 2004, que instituiu as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Ciências Contábeis, bacharelados e dá outras providências.

Da mesma forma, a concepção do referido curso está fundamentada na Resolução nº 02 de 18 de Junho de 2007, que dispõe sobre carga horária mínima e procedimentos relativos à integralização e duração dos cursos de graduação, bacharelados, na modalidade presencial.

 

É neste cenário dinâmico e pleno de diversidades que a Faculdade de Integração do Sertão oferece o Curso de Bacharelado em Ciências Contábeis, com conteúdos generalista direcionado a formação do público constituído por empresários e gestores  o que dinamiza o curso e caracteriza a necessidade de uma grade curricular que permita com mais assiduidade, atividades de teor prático contribuindo para o crescimento dos alunos. Esta profissão é regulamentada pelo Conselho Federal de Contabilidade – CFC, o que engrandece ainda mais o profissional por se constituir de uma classe organizada e que está contido em lei suas atribuições no âmbito das entidades, ou seja, a execução de seu ofício é de exclusividade do Bacharel em Ciências Contábeis para constituição, acompanhamento e gerenciamento do desenvolvimento das organizações.

Assim o curso de Ciências Contábeis da FIS surgiu da necessidade de conceber um conjunto de conhecimentos aplicados ao controle e registro dos atos de uma entidade econômica, a partir de uma sólida formação teórica e prática. Nesse sentido, defendemos uma formação pluralista que habilite o alunado egresso a atuar no âmbito regional, nacional e até internacional visto que estamos inseridos num país de economia global.

Quanto aos aspectos pedagógicos buscou-se atender as disciplinas básicas, de formação profissional, de formação teórico- prática emergente a fim de atender as novas exigências do MEC, unindo as necessidades primordiais da região e ainda contemplando a limitação da especialidade do corpo docente para a construção de um curso superior harmônico com alunos, professores instituições reguladoras e que acima de tudo atenda as expectativas do mercado de trabalho.

 

Objetivos do curso

Objetivo Geral

 

         Formar profissionais competentes para atuação no vasto campo de aplicação da contabilidade seja em entidades públicas ou empresas privadas. Assim, o estudo da Contabilidade será fundamentado no registro de atos e fatos administrativos, permitindo uma abordagem contábil gerencial, de avaliação patrimonial, mensuração dos resultados econômico-financeiros e análise das variáveis que possam impactar na riqueza das entidades em estudo.

 

Objetivos Especificos

  1. formar Bacharéis em Ciências Contábeis;
  2. promover ações conjuntas entre ensino, pesquisa e extensão;
  3. trabalhar o potencial prático dos discentes de forma a contribui com a formação conjunta dos demais alunos;
  4. incentivar a pesquisa de iniciação científica, e de exigência obrigatória como o TCC, com o objetivo de aperfeiçoamento do conhecimento e como contribuição social;
  5. formar lideres, que possam contribuir para o desenvolvimento social nos diversos setores da sociedade onde a contabilidade participa ativamente como instrumento de gestão econômico-financeiro;
  6. Instruir os discentes a ética na execução de seus trabalhos, com a classe contábil e a sociedade em geral;
  7. Em fim contribuir para formação conjunta de profissionais aptos a uma sociedade contemporânea em constante mutação.

 

Perfil profissional do egresso

Consideradas as diretrizes pedagógicas da Faculdade de Integração do Sertão, referidas pelo item 1.4, e os princípios de concepção da matriz curricular, referidos pelo item 5.1, o Curso de Bacharelado em Ciências Contábeis pretende um egresso com o seguinte perfil:

 

–           sólida formação geral;

 

–           compreensão do mundo contemporâneo, frente aos processos
econômico, social, cultural, político e histórico que vêem informando o atual estágio civilizatório;

 

–           inserção do egresso neste mundo não só através do desenvolvimento do
conhecimento, do saber e da percepção, mas também através do desenvolvimento de habilidades, de competências, de talentos e de aptidões, a partir da prática profissional;

 

–           construção de posturas críticas para a elevação do entendimento
pessoal e social;

 

–           adoção, fortalecimento e expansão de atitudes que
valorizem o homem, o homem como humanidade e o humanismo;

 

–           interação do egresso com o mercado de trabalho, adaptando-se a novas
situações ditadas pela vivência profissional.

 

 

Competências a Serem Construídas

Com recurso à autonomia de concepção da matriz curricular, a formação do Curso de Bacharelado em Ciências Contábeis pretende a construção das seguintes competências:

 

–           articulação entre a teoria e a prática contábil;

 

–           compreensão do fenômeno contábil, o patrimônio das entidades;

 

–           compreensão da construção do conhecimento científico e do saber e a
contribuição do egresso a este processo de construção;

 

–           compreensão da interdisciplinaridade entre áreas afins, e da utilização no contexto prático das entidades;

 

–           tornar apto o profissional a registrar fatos contábeis;

 

–           executar perícias, auditorias, consultorias e análise de finanças;

 

–           elaborar pareceres, relatórios, laudos;

 

–           desenvolver, analisar e implantar sistemas de informação contábil e de controle gerencial, revelando capacidade crítico-analítica para avaliar as implicações organizacionais com a tecnologia da informação;

 

–           instruir os alunos a executar os trabalhos com postura ética, crítica e criativa na atuação profissional.

 

 

 

 

 

CARACTERIZAÇÃO CURRICULAR

 

 Concepções Metodológicas e Dinâmicas Curriculares

O Curso de Graduação em Ciências Contábeis da FIS foi concebido com o compromisso de propiciar uma formação que atenda às necessidades sociais, bem como ensejar, como perfil desejado do formando, capacitação e aptidão para compreender as questões científicas, tecnológicas, técnicas, sociais e econômicas que envolvem questões contábeis, nos seus mais diversos ramos, capacitando profissionais úteis para auxiliar no gerenciamento das entidades e apresentando flexibilidade intelectual e adaptabilidade contextualizada no trato de situações diversas, presentes ou emergentes, nos vários segmentos do campo de atuação do contador.

Nesse sentido, forma Contadores amparados nas Diretrizes Curriculares na legislação regulatória da profissão e outras recomendações técnicas, por meio da compreensão das relações de trabalho do contador com a sociedade, visando o desenvolvimento local, regional, nacional e internacional a partir da qualidade dos serviços contábeis prestados por estes profissionais, essenciais para o correto dimensionamento das decisões empresariais.

Com a formação prospectiva, antecipando os desafios que aguardam os egressos no futuro que ainda não se conhece o contorno, busca-se uma aprendizagem ativa e problematizadora voltada para autonomia intelectual, apoiada em formas criativas e estimulantes para o processo de ensino, formando um profissional comprometido com a curiosidade epistemológica e com a resolução de problemas da realidade cotidiana.

O Projeto Pedagógico proposto pauta-se nos seguintes princípios:

  • Confluência dos processos de desenvolvimento do pensamento, sentimento e ação;
  • Formação baseada na captação e interpretação da realidade, proposição de ações e intervenção na realidade;
  • Sensibilidade às questões emergentes da Ciência Contábil, do ensino e das influências no entorno social;
  • Valorização e domínio de um saber baseado no conhecimento já construído e que contemple o inédito;
  • Reconhecimento de que o aprendizado se constitui como um processo dinâmico, apto a acolher a motivação do sujeito e que contemple o desenvolvimento do próprio estilo profissional;
  • Articulação entre o ensino, a pesquisa e extensão.

 

O Curso de Graduação em Ciências Contábeis da FIS é permeado pelas crenças e valores a seguir descritos:

 

  • Homem, como cidadão, com direitos e deveres, cujas necessidades devem ser atendidas através de organizações sociais geradoras de bens e serviços;
  • Contabilidade como uma ciência dinâmica, determinada por múltiplos fatores e pelo contínuo agir do homem frente ao universo físico, mental e social em que vive;
  • A gestão de empresas sejam elas privadas, publicas ou de Terceiro Setor, compreende a integração das várias ações normativas, preventivas, técnicas, políticas, econômicas e comerciais, enfocadas por diversas profissões, ensejando a necessidade do profissional contábil;
  • O Contador é um profissional que participa do processo de construção da realidade social, desenvolvendo um trabalho essencial para que possa haver geração de riqueza em todos os setores da sociedade;
  • O Contador como profissional capaz de atuar em equipe multiprofissionais, adequando-se aos contextos sociais, técnicos e culturais, visando atender aos objetivos organizacionais em sua integralidade;
  • O Contador deve ter competência técnico-científica e atitude crítica, favorecidas por uma formação geral que considera as situações econômicas, tecnológicas, social, política e cultural do país, e o perfil econômico e social de sua região;

 

A formação do Contador é um processo educacional que implica em co-participação de direitos e responsabilidades de docentes, discentes e profissionais de campo, visando o seu preparo para prestar assistência técnica às diversas organizações da sociedade;

  • A educação formal do Contador inicia-se no curso de graduação e deverá ser continuada, de forma institucionalizada ou não, para aprimoramento e aperfeiçoamento profissional.

 

A concepção da formação de profissionais contábeis generalistas, críticos, reflexivos, inovadores, empreendedores e proativos, o que requer uma postura coerente com as necessidades de gestão do Estado/País, contemplando o atendimento às demandas sociais, no contexto no qual está inserida.

Nessa perspectiva, o curso de Ciências Contábeis da FIS busca utilizar no seu processo ensino-aprendizagem uma postura inovadora que acompanhe sistematicamente o conhecimento, enfrentando o desafio de humanizar o progresso da ciência.

O ambiente do mundo do trabalho pressupõe uma ação pedagógica articulada com a diversidade dos saberes, onde a ação de todos esteja em conexão. Assim, todos os atores envolvidos no processo ensino-aprendizagem, deverão ser capazes de perceber a sua totalidade e, a partir dela, planejar a sua ação em particular de forma integrada ao todo.

A partir da compreensão de Perrenoud (2000) ensinar é reforçar a decisão de aprender e também estimular o desejo de saber. Na base das decisões metodológicas está a diretividade do professor, ou seja, uma ação decidida do professor no sentido de estimular nos alunos qualidades e atitudes necessárias ao estudo ativo e independente, bem como criar condições favoráveis para o processo ensino-aprendizagem.

Assim, a sala de aula constitui-se na dinâmica curricular do curso de Ciências Contábeis da FIS, um espaço de possibilidades para uma relação dialógica, onde o ato educativo é uma produção humana que exige a compreensão da realidade como processo em permanente construção, exigindo, portanto, do docente a capacidade, disponibilidade e determinação para construir e reconstruir permanentemente essa realidade.

No desenvolvimento da estrutura curricular do curso será adotada uma sistemática dinâmica e flexível, permitindo a valorização da integração dos saberes em detrimento de práticas disciplinares atomizadas. Assim, as decisões metodológicas contarão com a diretividade do professor, no sentido de direcionar nos alunos qualidades e atitudes necessárias ao estudo ativo e independente, criando condições favoráveis para o processo ensino-aprendizagem.

 

O estudo independente contempla o ato de criar situações metodológicas do processo ensino-aprendizagem que ativem as potencialidades dos alunos, de modo a dominar métodos que levem à reflexão e uso de conceitos aprendidos em situações novas.

Este projeto contempla na formação do futuro profissional a integração de idéias, sentimentos e ações com ênfase no desenvolvimento curricular, gerador de projetos integradores de diferentes disciplinas e saberes que possibilitem uma aprendizagem significativa e transformadora.

Nessa perspectiva, o processo de interdisciplinaridade dar-se-á por meio de planejamento conjunto e participativo, valorizando as competências, as atitudes, os valores, os saberes, ser, estar, conviver e fazer, utilizando para tanto o desenvolvimento de capacidades de criatividade, comunicação, trabalho em equipe, resolução de problemas, responsabilidade, poder empreendedor, ferramentas importantes num mundo em processo de mudança constante.

A interdisciplinaridade exige de todo corpo docente o desenvolvimento de uma ação pedagógica articulada com a diversidade dos saberes. A ação de cada um deverá estar articulada com a de todos os outros.

Os envolvidos no processo pedagógico deverão ser capazes de perceber a sua totalidade, e, a partir dela, planejar a sua ação em particular, sem a desligar do todo. Para tanto, a coordenação do curso promoverá eventos para discussão entre docentes e discentes acerca de formas de integrar disciplinas articuladas, assim o trabalho no processo ensino-aprendizagem deixa de ser rígido e estático.

De igual modo, o corpo docente deverá desenvolver uma ação pedagógica integrada com a diversidade dos saberes, articulando a ação de todos os sujeitos

envolvidos no processo de educar para a cidadania. Nesse contexto, todos os atores envolvidos no processo pedagógico deverão ser capazes de perceber a sua totalidade e, a partir dela, planejar ações visando à totalidade do processo de ensino-aprendizagem.

No processo de formação de Contadores desta instituição, o corpo docente, movido por sua intencionalidade pedagógica, propõe objetivo, selecionam conteúdos, métodos e procedimentos com o propósito de facilitar a apropriação efetiva de conhecimentos pelo aluno. Além disso, o professor deverá identificar as condições que favorecem ou dificultam a aprendizagem do aluno; considerar aquilo que o aluno demonstre interesse, como um recurso para estimular a sua aprendizagem e analisar as conquistas e dificuldades do educando, descobrindo e, até mesmo, criando outras formas de aprender a conhecer, aprender a ser, aprender a conviver e aprender a administrar com competência, habilidade, humanidade, ética e justiça.

Vale destacar que na análise do processo de ensino há um caráter bilateral em que a atividade de orientação do professor e da aprendizagem do aluno atuam reciprocamente.

O professor, estimulando e dirigindo o processo em função da aprendizagem do aluno, que busca apreender os ensinamentos, criando e transformando o conhecimento em ações contínuas e dinâmicas. Os métodos movimentam esse processo.

Em todos os componentes curriculares, os docentes buscarão realçar a conquista de objetivos cognitivos (compreensão, raciocínio e solução de problema), tanto quanto dos objetivos sócio – emocionais (relacionamento cooperativo). Para tanto utilizarão estudos individuais e coletivos.

Os docentes de Ciências Contábeis da FIS buscarão privilegiar na formação ofertada a flexibilidade, a cooperação, a participação e a multifuncionalidade. Assim, o profissional do futuro poderá adquirir discernimento para fornecer informações contábeis relevantes e executar outras atividades contábeis com êxito, de forma que possa romper paradigmas e intervir de forma eficiente e eficaz no auxílio à gestão das mais diversas entidades.

Estrutura Curricular

O Curso de Graduação em Ciências Contábeis da FIS está organizado em regime semestral, com o sistema de matrícula semestral.

As disciplinas estão agrupadas em oito blocos semestrais, contribuindo para uma abordagem interdisciplinar, pela articulação de conteúdos complementares e seqüenciais.

A integralização curricular deve ocorrer em um período compreendido entre 04 (quatro) anos tempo mínimo e 06 (seis) anos tempo máximo. Para a conclusão do curso, é obrigatória a elaboração do trabalho de conclusão de curso (TCC) sob orientação docente.

A estrutura do curso permite a integração entre as atividades de ensino, pesquisa e extensão, sendo garantido aos alunos o desenvolvimento de práticas articuladas aos conteúdos teóricos.

 

A carga horária total do curso é de 3.260 horas, distribuídas em atividades teóricas e práticas, contemplando ainda, atividades complementares para a adequação da matriz curricular às demandas de formação e ao aluno, o atendimento de suas prioridades e necessidades.

Assim, o aluno para se graduar em Ciências Contábeis pela Faculdade de Integração do Sertão – FIS deverá cumprir 3.260 h, distribuídas em oito semestres, sendo:

 

  • 756 h de componentes curriculares obrigatórios
  • 360 h de componentes curriculares optativos
  • 144 h de TCC I e II de componente curricular obrigatório
  • 200 h de Atividades Complementares obrigatória

 

Conteúdos Curriculares

De acordo com os dispositivos legais, o Curso de Graduação em Ciências Contábeis da FIS propõe uma estrutura curricular que contempla as seguintes áreas do conhecimento, a saber: Conteúdos de Formação Básica; Conteúdos de Formação Profissional e Conteúdos de Formação Teórico – prática, conforme preceituado pelo Conselho Nacional de Educação em Dezembro de 2004, (Resolução CNE/CES Nº 10 de 16/12/2004.

Os conteúdos de cada área estão relacionados ao processo de formação do contador como um profissional dinâmico, inserido no seu contexto histórico, social, econômico e político.

O desenho curricular, organizado nas três áreas de formação e em oito semestres, apresenta as disciplinas de oferta obrigatória agrupadas nas áreas supracitadas, da seguinte forma:

 

 

 

Conteúdos de Formação Básica

Incluem-se os conteúdos teóricos e práticos fundamentais relacionados com estudos sociológicos, filosóficos, ético-profissionais, políticos, econômicos e administrativos, bem como os relacionados com as tecnologias da informação e das ciências jurídicas, indispensáveis para a formação básica dos alunos do curso: Sociologia, Economia, Informática, Metodologia da Pesquisa, Filosofia e Ética Profissional, Matemática, Instituições do Direito Público e Privado, Teoria Geral da Administração, Economia Brasileira e Internacional, Matemática Financeira, Direito Comercial e Legislação Social e Trabalhista, Estatística, Contabilometria, Metodologia  da Pesquisa.

As disciplinas da Formação Básica têm por finalidade proporcionar condições de aprendizagem sobre o indivíduo e a sociedade em que está inserido, bem como as diversas áreas que corroboram com a formação de um profissional dinâmico contextualizado em sua função dentro da sociedade. Buscam dotar os alunos de conhecimento sobre a economia, questões legais que permeiam a dinâmica da contabilidade, os conhecimentos necessários a utilização da administração como ferramenta para tomada de decisão, aspectos sociológicos, filosóficos e éticos de sua formação, conhecimento da natureza humana, aspectos metodológicos, fundamentos matemáticos e estatísticos, introdução as ferramentas computacionais e seus impactos no contexto social.

 

Conteúdos de Formação Profissional

Nesta área estão incluídos os conteúdos fundamentais relacionados à formação profissional do aluno, ou seja, às áreas específicas da Ciência Contábil: Contabilidade Básica, Contabilidade Intermediária I, Contabilidade Intermediária II, Contabilidade Avançada, Contabilidade Tributária, Contabilidade de Custos, Análise de Custos, Administração Financeira e Orçamento Empresarial, Auditoria Contábil, Perícia Contábil, Análise das Demonstrações Contábeis, Controladoria, Orçamento Público, Contabilidade Publica, Teoria da Contabilidade, Contabilidade Gerencial, (optativa 1: Tópicos Contemporâneos em Contabilidade/Libras) e Contabilidade Internacional, (Optativa 2: Contabilidade Hospitalar/ Contabilidade de Cooperativas), (Optativa 3: Introdução a Ciências Atuariais, Contabilidade Gerencial para Pequenas e Médias Empresa).

Estes conteúdos visam à ampliação da formação do aluno, bem como a capacitação técnica nas diversas áreas de atuação do contador, contribuindo para uma formação mais dinâmica e generalista do profissional.

 

Conteúdos de Formação Teórica – Prática

Neste tópico são direcionados os conteúdos de caráter teórico-prático, de modo a conjugar da melhor forma possível a teoria vista durante as disciplinas de formação profissional com a prática contábil, com as seguintes disciplinas: Laboratório de Práticas Contábeis I/Estágio Supervisionado I, Laboratório de Práticas Contábeis II/Estágio Supervisionado II, Trabalho de Conclusão de Curso I, Trabalho de Conclusão de Curso II e Atividades Complementares.

Aqui, busca-se complementar a formação do aluno com conteúdos que ofereçam conhecimentos práticos para a vivência profissional do discente bem como para elaboração de pesquisas científicas. É incluída também a incorporação de Atividades Complementares que permitam aos alunos através de estudos e atividades independentes, transversais, opcionais, de interdisciplinaridade, especialmente nas relações com o mundo do trabalho e com as ações de extensão junto à comunidade, desenvolver habilidades, conhecimentos e competências fora do ambiente acadêmico.

 

Áreas de Formação

Baseados na Resolução nº. 10 de 16 de Dezembro de 2004, as disciplinas do currículo proposto foram distribuídas segundo as áreas de formação e matérias conforme tabelas a seguir.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tabela 1- Áreas de Formação

 

CONTEUDO DE FORMAÇÃO BÁSICA
Código DISCIPLINAS CARGA HORÁRIA
02004 Sociologia 72
02001.8 Teoria Econômica 72
02015 Metodologia da Pesquisa Cientifica 72
02001.19 Estatística Aplicada 72
02001.12 Contabilometria ( métodos quantitativos) 72
02018 Informática Aplicada a Contabilidade 72
02001.5 Filosofia da Ciência 72
02001.2 Instituição do Direito Publico e Privado 72
02003 Matemática Aplicada 72
02001.7 Introdução a Administração 72
02001.10 Economia Brasileira e Internacional 72
02009 Direito Empresarial 72
02020 Legislação Social e Trabalhista 72
02005 Psicologia das Organizações 72
02001.4 Comunicação Empresarial 72
02007 Matemática Financeira 72
  Total 1.152
  CONTEÚDO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL
Código DISCIPLINA CARGA HORÁRIA
02001.18 Contabilidade Introdutória I 72
02001.3 Contabilidade Introdutória II 72
02001.6 Contabilidade Intermediária  72
02001.13 Contabilidade Rural 72
02023 Contabilidade Tributária 72
02001.9 Contabilidade de Custos 72
02030 Administração Financeira e Orçamento Empresarial 72
02021 Contabilidade Avançada 72
02029 Auditoria Contábil 72
02001.14 Apuração e Análise de Custos 72
02033 Contabilidade Gerencial 72
02031 Orçamento e Finanças Pública 72
02028 Análise das Demonstrações Contábeis 72
02036 Controladoria 72
02034 Perícia Contábil e Arbitragem 72
02035 Teoria da Contabilidade 72
02027 Contabilidade Pública 72
02001.11 Empreendedorismo 72
02001.17 Mercado de Capitais 72
02037 Tópicos Contemporâneos em Contabilidade 72
  Total  II 1.440
  CONTEÚDOS TEORICOS-PRÁTRICO
Código DISCIPLINAS CARGA HORÁRIA
02001.15 Laboratório de Práticas Contábeis I/ Estágio Supervisionado I 90
02001.16 Laboratório de Práticas Contábeis II/ Estágio Supervisionado II 90
02038 Trabalho de Conclusão de Curso I – TCC I 72
02041 Trabalho de Conclusão de Curso II – TCC II 72
  Atividades Complementares 200
  TOTAL III 524

 

CONTEÚDO DE DISCIPLINAS OPTATIVAS ELETIVAS – MÍNIMO 144 HORAS
Código DISCIPLINAS CARGA HORÁRIA
CONT0214.1 Contabilidade Internacional 72
CONT0214.2 Responsabilidade Social 72
CONT0214.3 Contabilidade Aplicada ao Agronegócio 72
CONT0214.4 Contabilidade Aplicada às Entidades de Interesse Social 72
CONT0214.5 Contabilidade Aplicada às Instituições Financeiras 72
  TOTAL IV 144

 

 

  Carga horária em sala de aula 3.060 h/a
  Carga horária de atividades complementares    200 h/a
Total Integralizado do Curso I + II + III + IV 3.260 h/a

 

 

 Componentes Curriculares

O currículo do curso incorpora disciplinas de natureza técnica e humanística de forma a oferecer à sociedade bacharéis compromissados, responsáveis e competentes no desenvolvimento e aplicação dos conhecimentos contábeis, de forma a auxiliar na gestão das empresas e no desenvolvimento da sociedade. Os componentes curriculares apresentados a seguir contemplam um conjunto de disciplinas que promovem para o aluno formação básica e profissional para a área de Ciências Contábeis.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tabela 2 – Estrutura Curricular

 

I ano – I Semestre
DISCIPLINAS CRÉDITOS CARGA-HORÁRIA PRÉ-REQUISITO
Contabilidade Introdutória I 04 72
Instituição do Direito Público e Privado 04 72
Sociologia 04 72
Psicologia das Organizações 04 72
Matemática Aplicada 04 72
Total 20 360
I ano – II Semestre
DISCIPLINAS CRÉDITOS CARGA-HORÁRIA PRÉ-REQUISITO
Contabilidade Introdutória II

 

04 72 Contabilidade Introdutória I
Comunicação Empresarial 04 72
Filosofia da Ciência

 

04 72
Matemática

Financeira

 

04 72 Matemática Aplicada
Direito Empresarial 04 72 Instituição do Direito Publico e Privado
Total 20 360
I I ano – III Semestre
DISCIPLINAS CRÉDITOS CARGA-HORÁRIA PRÉ-REQUISITO
Contabilidade Intermediária

 

04 72 Contabilidade Introdutória II
Introdução a Administração

 

04 72
Teoria

Econômica

 

04 72
Estatística Aplicada

 

04 72
Metodologia da Pesquisa Científica

 

04 72
Total 20 360
I I ano – IV Semestre
DISCIPLINAS CRÉDITOS CARGA-HORÁRIA PRÉ-REQUISITO
Contabilidade de Custos

 

04 72
Contabilidade Avançada

 

04 72 Contabilidade Intermediaria
Economia Brasileira e Internacional

 

04 72 Teoria Econômica
Legislação Soc. e Trabalhista 04 72 IDPP/Direito Empresarial
Informática Aplicada a Contabilidade 04 72
Total 20 360
I I I ano – V Semestre
DISCIPLINAS CRÉDITOS CARGA-HORÁRIA PRÉ-REQUISITO
Contabilidade Tributária

 

04 72
Contabilidade Rural

 

04 72 Contabilidade Avançada
Empreendedorismo

 

04 72
Contabilometria. (métodos quant.)

 

04 72 Estatística
Apuração e analise de Custos

 

04 72 Contabilidade de Custos
Total 20 360
I I I ano – VI Semestre
DISCIPLINAS CRÉDITOS CARGA-HORÁRIA PRÉ-REQUISITO
Análise das Demonstrações Contábeis 04 72
Auditoria

Contábil

 

04 72 Contabilidade Avançada
Teoria da Contabilidade

 

04 72
Orçamento e Finanças Públicas

 

04 72
Administração Financeira  Orçamentária Empresarial

 

04 72
Total 20 360
I V ano – V II Semestre
DISCIPLINAS CRÉDITOS CARGA-HORÁRIA PRÉ-REQUISITO
TCC 1 08 150
Contabilidade Gerencial

 

04 72
Laboratório de Prát. Cont. 1

 

05 90
Perícia Contábil e Arbitragem

 

04 72        Auditoria
Contabilidade Pública

 

04 72 Orçamento e Finanç2as Públicas
Total 25 378
I V ano – V III Semestre
DISCIPLINAS CRÉDITOS CARGA-HORÁRIA PRÉ-REQUISITO
Controladoria

 

04 72
TCC 2 04 72 TCC 1
Laboratório de Prática Contábil 2

 

05 90 Laboratório de Prát. Cont. 1

 

Mercado de Capitais

 

04 72
Tópicos Contemporâneo em Contabilidade 04 72 Teoria da Contabilidade
Total 21 378

 

 

CONTEÚDO DE DISCIPONAS OPTATIVAS ELETIVAS – MÍNIMO 144 HORAS
DISCIPLINAS CRÉDITOS CARGA HORÁRIA PRÉ-REQUISITO
Contabilidade Internacional 04 72
Responsabilidade Social 04 72
Contabilidade Aplicada ao Agronegócio 04 72
Contabilidade Aplicada às Entidades de Interesse Social 04 72
Contabilidade Aplicada às Instituições Financeiras 04 72
Total 08 144

 

 

  Carga horária em sala de aula 3.138 h/a
  Carga horária de atividades complementares    200 h/a
Total Integralizado do Curso

I + II + III + IV + V + VI + VII + VIII + Optativas + Complementárias

 

3.338 h/a


evden eve nakliyat”>Evden Eve Nakliye
umraniye evden eve nakliyat
beykoz evden eve nakliyat
göktürk evden eve nakliyat
avcılar evden eve nakliyat firmalari
kadiköy evden eve nakliyat
kartal nakliyat
sariyer nakliyat
maltepe evden eve nakliyat
atasehir nakliyat
florya evden eve nakliyat
istanbul sehirlerarasi nakliye
Üsküdar evden eve nakliyat
Çekmeköy evden eve nakliyat
Bakırköy evden eve nakliyat
beylikdüzü evden eve nakliyat
atasehir evden eve nakliyat
esenler nakliyat
ümraniye nakliyat
maslak evden eve nakliyat
bostancı nakliyat
İstanbul İzmir Evden Eve Nakliyat
bursa nakliyat
balıkesir nakliyat
antalya nakliyat
aydın nakliyat
çanakkale nakliyat
muğla nakliyat
manisa nakliyat
denizli nakliyat
uşak nakliyat
bahçesehir nakliyat
esenler nakliyat
başaksehir nakliyat
istanbul nakliyat
Eşya Depolama
İstanbul Eşya Depolama
Ev Eşyası Depolama
Erenköy Eşya Depolama
Göztepe Eşya Depolama
Sarıyer Eşya Depolama
Evden Eve Eşya Depolama
Ev Eşyası Depolama
Ümraniye Eşya Depolama
Üsküdar Eşya Depolama
pendik nakliyat
üsküdar nakliyat
beşiktaş nakliyat
Kağıthane nakliyat
sancaktepe nakliyat
kavacık nakliyat
dudullu nakliyat
erenköy nakliyat
kartal nakliyat
kocaeli nakliyat
Şehirlerarası Nakliyat
Şehirlerarası Evden Eve Nakliyat
İstanbul Şehirlerarası Nakliyat
sehirlerarasi evden eve nakliyat
Ümraniye Nakliyat/a>
Ataşehir nakliyat
Çekmeköy nakliyat

Maltepe Nakliyat
Kadiköy Nakliyat
Beykoz Nakliyat
ofis taşıma
Evden Eve nakliye
Esenyurt Nakliyat
Sultanbeyli Evden Eve Nakliyat