FIS – Faculdade de Integração do Sertão

O Curso de Construção de Edifícios da Faculdade de Integração do Sertão – FIS, foi concebido com o objetivo de propiciar ao futuro profissional uma formação acadêmica sólida, aliando teoria e prática. Essas objetivos serão alcançados através da consonância entre os conceitos obtidos em sala de aula e das práticas em laboratórios, visitas técnicas e estudos de casos envolvendo empreendimentos e obras civis.

O déficit habitacional existente no país nos últimos 20 anos levou o Brasil a investir fortemente em políticas que incentivem os empreendimentos imobiliários, sobretudo os residenciais. No intuito de aumentar a oferta de profissionais especializados, o curso visa suprir a lacuna existente entre o engenheiro civil e os outros profissionais atuantes nas obras civis. Essa profissão é regulamentada pelo Conselho Federal de Engenharia e Agronomia – CONFEA, engrandecendo ainda mais o profissional por se constituir de uma classe organizada e que está contida em lei suas atribuições no âmbito das entidades.

Sobre o Curso
O profissional que se forma no curso superior de Tecnologia em Construção de Edifícios pela FIS visa a suprir, com mão-de-obra qualificada, o vazio existente entre o engenheiro civil responsável pela construção do edifício e os trabalhadores que compõe a equipe de execução do empreendimento. A formação inicia-se com disciplinas básicas de física, matemática, cálculo e desenho técnico. Na parte específica, o aluno conhece material de construção civil, mecânica do solo, gestão de obras, topografia, processos construtivos, hidráulica aplicada, projetos de drenagem urbana, mecânica dos fluidos e resistência dos materiais.  Além disso, são ofertadas aulas práticas e atividades em laboratório. De um modo geral, os tecnólogos têm formação direcionada para aplicar, desenvolver e difundir tecnologias, gerir processos de produção de bens e serviços, e atuar em ações de empreendedorismo. Trata-se da qualificação real dos profissionais envolvidos no processo, ou seja, da qualificação mais centrada no saber-ser do que no saber-fazer. O conjunto de competências, habilidades e atitudes deve ser desenvolvido ao longo do curso, por meio da articulação dos vários saberes (formais, informais, teóricos, práticos) para resolver problemas e enfrentar situações de imprevisibilidade. Para que o Tecnólogo em Construção de Edifícios possa atender às exigências requeridas para o exercício profissional e para que possa acompanhar as constantes transformações do processo produtivo o curso superior de tecnologia em Construção de Edifícios irá formar um profissional para atuar no gerenciamento, planejamento e execução de obras de edifícios. O tecnólogo vai orientar fiscalizar e acompanhar o desenvolvimento de todas as etapas do processo construtivo, incluindo desde o planejamento e acompanhamento de cronogramas físico-financeiros, até o gerenciamento de resíduos das obras. Ele também pode atuar na restauração e manutenção de edificações e Construção de Edifícios de materiais de construção.
Mercado de Trabalho
O mercado de trabalho para o Tecnólogo em Construção de Edifícios está em expansão devido à valorização desse profissional, à abertura de novos campos de trabalho, à expansão e diversificação das empresas e corporações e ao crescimento da procura por profissionais altamente qualificados, tanto do ponto de vista técnico quanto humanístico, tendo como área de atuação:
  • Empresas públicas e privadas do ramo da construção civil;
  • Órgãos do Poder Público;
  • Serviços de Assessoria e Consultoria;
  • Empresas de Assessoria e Consultoria, Próprias ou de Terceiros;
  • Empresas Multinacionais.
Com tantas possibilidades de atuação, o profissional deverá estar atento àquilo que é mais importante no mercado: sua capacidade para se adaptar e adaptar a empresa às constantes mudanças. Nessa nova realidade o fundamental é a visão que o profissional deve ter para a aplicação de estratégias corretas nos diversos segmentos do mercado, particularmente em cenários que mudam a cada novo paradigma.
Especificações